vinte e nove-quinze

Diz-se que é pianista. Eu digo que é bandido. E ninguém me leva a sério porque já se sabe que as meias-palavras de um analfabeto são muito pouco credíveis. Mas é bandido, vão por mim. De pianista não tem nada.
Quando começarem a ouvir notas mortas, não se espantem. O analfabeto avisou.

Carolina
blog? São ensaios cegos, lúcidos, físicos & metafísicos. É uma mente deteriorada e uma mão cansada. Ou incansável. Relógios parados. E sangue? (...) Mas sobretudo perda de tempo. E possivelmente mais qualquer coisa. Não sei. Incerteza também.

yeah, thanks

© 2010, Luna