trinta com trinta, sessenta, ou um

00h00. Não sei o quê, mas há qualquer coisa de errado na forma como o ponteiro dos minutos se sobrepõe ao das horas. É intrigante & irritante. Enervo-me com esse movimento perpétuo que (afinal) não se perpetua indefinidamente já que, estando os ponteiros parados, será fisicamente impossível. Mas que raio fazem eles assim? Querem dar comigo em doida? Querem levar o rasgo de sanidade que ainda me resta? Pois então que levem!, não me faz falta. De que me serve tê-la se levo o dia a observar relógios e a dissertar sobre tempo? Nada, ora! Foi o que pensei. 00h01. Ao que parece o ponteiro dos segundos já nos presenteou com mais 30 (estúpidos) tics e 30 (estúpidos) tacs. E 60 tics&tacs é muito tempo (disse-me um relógio de parede no outro dia). Sendo assim, vou dormir que se faz tarde. Olha só para o tempo que gastámos a falar de nada!

Carolina
blog? São ensaios cegos, lúcidos, físicos & metafísicos. É uma mente deteriorada e uma mão cansada. Ou incansável. Relógios parados. E sangue? (...) Mas sobretudo perda de tempo. E possivelmente mais qualquer coisa. Não sei. Incerteza também.

yeah, thanks

© 2010, Luna